domingo, 21 de dezembro de 2008

Eu li...

A Pequena Alma e o Sol de Neale Donald Walsch

Era uma vez, em tempo nenhum, uma Pequena Alma. Ela sabia que era a luz, mas queria "sentir" o que é ser a Luz, logo conversava com Deus. Este dizia que não existe nada para além da Luz, mas ela tinha uma solução, isto é, rodeá-la de escuridão, que é o oposto da luz. A alma dizia que era especial e que queria ser a parte de "perdoar". Deus diz que não há nada a perdoar, que o que criou é tudo perfeito, dizendo para olhar à sua volta, onde estavam muitas almas. A sua alma disse que era, realmente, tudo perfeito, mas uma alma amiga disse-lhe que podia fazer algo terrível, mas sem a pequena alma se esquecer quem realmente era, isto é, a alma amiga, para a pequena alma poder perdoar. Confusos??? Não estejam, pois tudo se resolverá...

Eu acho que este livro é muito bom, pois tem imagens espectaculares e um texto muito bem escrito. A história é muito emocionante, atractiva e importante para as crianças e adolescentes, para a sua vida no futuro.


David Barbosa, 7ºF

3 comentários:

David Emanuel disse...

Eu acho muito interessante

Anónimo disse...

Exelente resumo, adorei

Anónimo disse...

Muito bom, exelente