quarta-feira, 21 de novembro de 2007

O Ganso de Ouro!

Era uma vez um homem que tinha três filhos. O mais novo chamava-se Pateta e era desprezado e enganado por todo o mundo. A sua presença era evitada. Ora, aconteceu um dia que o mais velho queria ir à floresta buscar lenha e, antes de partir, a mãe preparou-lhe um bolo e deu-lhe uma garrafa de vinho, para ele não ter fome nem sede. Ao chegar à floresta, encontrou um velhote que o saudou, dizendo:
- Por favor, dá-me um pedaço do bolo que tens no bolso e deixa-me beber um trago do teu vinho pois estou cheio de sede e fome.
Ao que o rapaz respondeu:
- Se te der do meu bolo e do meu vinho ficarei sem nada para mim, por isso…vai-te embora!
E afastou-se, deixando o velhote ali especado.
Quando começou a cortar a primeira árvore, deu um golpe em falso e o machado atingiu-lhe o braço de tal maneira que ele teve que ir para casa para ser ligado. Tudo fora obra do ancião.
No dia seguinte, o segundo filho partiu para a floresta e, tal como fizera ao mais velho, a mãe preparou-lhe um bolo e deu-lhe uma garrafa de vinho. Também ele encontrou o velhote, que lhe pediu igualmente um pedaço do bolo e um golpe de vinho. Mas o filho do meio argumentou assim:
- Se te der do meu bolo e do meu vinho ficarei sem nada para mim, por isso…vai-te embora!
E afastou-se, deixando velhote ali especado.
Mas não demorou a receber o seu castigo, pois assim que deu alguns golpes numa árvore com o machado, cortou a perna de tal maneira que tiveram de o carregar até casa. Então o Pateta disse:
- Pai, deixe-me ir à floresta buscar lenha.
Ao que o pai respondeu:
Os teus irmãos ficaram feridos. E todos sabemos que tu és ainda mais desajeitado que eles.
Mas Pateta insistiu tanto que o pai acabou por dizer:
- Vai com Deus, meu filho, e que te sirva de lição.
A mãe deu-lhe um pão cozido em água e cinzas, e uma garrafa de cerveja amarga. Ao chegar à floresta, apareceu-lhe o mesmo velhote, que o cumprimentou e disse:
- Dá-me um pedaço um pedaço do teu bolo e um trago do liquido da tua garrafa, que estou cheio de fome e sede.
Ao que o Pateta respondeu sem qualquer hesitação:
- Eu só tenho bolo de cinzas e cerveja amarga. Se não te importares, podemos sentar-nos e comer juntos.
Sentaram-se e quando o Pateta pegou no seu bolo de cinzas, este transformou-se num bolo saboroso e a cerveja amarga em bom vinho. Quando terminaram de comer e beber juntos, o ancião disse:
- Como tens um bom coração, dar-te-ei sorte. Ali está uma árvore velha. Corta-a. Entre as suas raízes encontrarás algo.
E assim se despediu.
Pateta dirigiu-se então à árvore e cortou-a, e quando ela caiu encontrou, entre as suas raízes, um ganso com penas de ouro. Pegou nele e levou-o consigo para uma estalagem, onde tencionava passar a noite. O estalajadeiro tinha três filhas que, ao verem o ganso, ficaram cheias de curiosidade em saber porque é que tinha penas douradas. A mais velha pensou:”Hei-de arrancar-lhe uma pena.” E assim que Pateta o deixou sozinho por um momento, pegou no ganso pela asa, mas os dedos e a mão ficaram lá agarrados. Pouco depois chegou a filha do meio, coma mesma intenção de arrancar uma pena de ouro. Mas assim que tocou na sua irmã, ficou presa a ela. Por fim, chegou a terceira, e as outras gritaram-lhe:
- Afasta-te! Pelo amor de Deus, afasta-te!
Mas ela não percebeu porque haveria de se afastar e pensou:”Se elas estão ali as duas, porque não hei-de estar eu também?”. Aproximou-se, decidida, mas assim que tocou na irmã do meio ficou presa também. E foi assim que as três tiveram que passar a noite com o estranho ganso.
Na manhã seguinte, Pateta meteu o ganso debaixo do braço e partiu, sem se preocupar com as três raparigas que iam atrás dele, seguindo-o pelo caminho. No meio de um campo, encontraram o padre que, ao ver aquela espécie de procissão, as admoestou, dizendo:
- As meninas não têm vergonha de andar atrás de um rapaz pelos campos? Acham bem?
E pegou na mão da mais nova para a afastar, mas assim que lhe tocou, também ele ficou preso e não teve outro remédio se não juntar-se à comitiva.
Pouco depois chegou o sacristão que, ao ver o padre colado às três raparigas, se espantou…

E o resto da história fica ao vosso “critério”, dêem asas à imaginação!!!


Adaptado:”Os Melhores Contos Dos Irmãos Grimm”. Everest Editora 1999.


Inês da Silva Pereira. 6ºC

21 comentários:

Anónimo disse...

Conheço a história e de facto trata-se de um belo conto clássico que transmite uma mensagem com grande significado. De facto deixa-nos a pensar...Acho interessante que a aluna tenha deixado o desafio de cada um de nós poder desenvolver a sua capacidade criativa.

fefe disse...

Eu achei muito legal porque tem aventuras e surpresas.
Pena que não tem o final.

Karoline disse...

Eu sei o Final Pena q Nao Posso Falar... O Final é Maravilhoso e engraçado!!!!!!!!

rafaela disse...

ai que pena eu presiso da historia pro trabalho

Anónimo disse...

essa historia é sensacional muito boa ,eu leria essa história mil vezes por que ela é otima e ensina muitas coisa boas como : que ninguem é igual ,ea que cada pessoa tem o seu jeito e não se deve comparar uma a outra

Anónimo disse...

ñ é PATETA e JOÃO BOCÓ

Anónimo disse...

isso mesmo ñ é PATETA é JOÃO BOCÓ

Anónimo disse...

nao e pateta seu doido é joao boco

andre disse...

eu presico da historia para o trabalho no octacilio da profesora de português quita c

alice disse...

eu precisava de um resumo nao do texto inteiro.

Anónimo disse...

a maior porcaria que eu ja vi nem final tem nessa bosta.

fariaguííh disse...

eu presisava da historia completa para fazer um trabalho de leitura e prod. de texto ,para com isso de deixar as pessoas completarem q ninguem completou pftermine a historia o trampo e para amanha!!!!

Anónimo disse...

Não tem o final! Eu quero o final eu preciso para um trabalho de escola. Onde eu posso achar o final ou a história inteira?

Anónimo disse...

hoje eu ouvi essa história pela metade agora terminei de ler .adorei essa história espero que a pessoa que ler goste tanto quanto eu .

amnda disse...

hoje eu ouvi essa história pela metade agora terminei de ler .adorei essa história espero que a pessoa que ler goste tanto quanto eu .

Anónimo disse...

hoje eu ouvi essa história pela metade agora terminei de ler .adorei essa história espero que a pessoa que ler goste tanto quanto eu .

Sabrininhah♪♫♪ disse...

Eu precisava da historia para fazer um trabaho!
Da pra por o finaL???

Anónimo disse...

afs nao vo poder faser meu trabalho

Anónimo disse...

afs nao vo poder faser meu trabalho

Anónimo disse...

eu tambem sei o final mais descubram sozinhos seus noobs

Anónimo disse...

'-'